segunda-feira, 27 de julho de 2009

Libanês cria réplica de monumentos com palitos de fósforo


Uma passagem pela prisão criou em um libanês uma paixão inquietante: construir enormes réplicas que vão do Titanic, Torre Eiffel a grandes monumentos da humanidade... tudo feito de palitos de fósforo! Reportagem da AFP.
Fonte: UOL Notícias

domingo, 26 de julho de 2009

Aquarela do Brasil - Perpetuum Jazzile & BR6


Reparem a perfeição na dicção das palavras em português.Pode-se perceber levemente a pronuncia diferente da nossa, mas é de arrepiar.
Show de bola do BR6 e Perpetuum Jazzile
PARECE UM CORAL DE BRASILEIROS, MAS É DA LONGÍNQUA E FRIA ESLOVÊNIA !!! Acreditem!!!!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

FÁBULA DE UM EXECUTIVO

Esta é a fábula de um alto executivo que, estressado, foi ao psiquiatra e relatou ao médico o seu caso. O psiquiatra, experiente, logo diagnosticou:

- O Sr. precisa se afastar por duas semanas da sua atividade profissional.
O conveniente é que vá para o interior, se isole do dia-a-dia e busque algumas atividades que o relaxem.

Então o nosso executivo procurou seguir as orientações...
Munido de vários livros, CDs e laptop, mas sem o celular, partiu para a fazenda de um amigo.

Passados os dois primeiros dias, o nosso executivo já havia lido dois livros e ouvido quase todos os CDs. Continuava inquieto. Pensou então que alguma atividade física seria um bom antídoto para a ansiedade que ainda o dominava.
Chamou o administrador da fazenda e pediu para fazer algo.
O administrador ficou pensativo e viu uma montanha de esterco que havia acabado de chegar. Disse ao nosso executivo:
- O Sr. pode ir espalhando aquele esterco em toda aquela área que será preparada para o cultivo.

O administrador pensou consigo:
- Ele deverá gastar uma semana com essa tarefa.
Ledo engano. No dia seguinte o nosso executivo já tinha distribuído o esterco por toda a área. O administrador então lhe deu a seguinte tarefa,
abater 500 galinhas cortando as cabeças com uma faca.
Essa foi fácil em menos de 3 horas já estavam todas prontas para serem depenadas e pediu logo
uma nova tarefa. O administrador então lhe disse:

- Estamos iniciando a colheita de laranjas. O Sr. vá ao laranjal levando três cestos para distribuir as laranjas por tamanho.
Pequenas, médias e grandes.
No fim daquele primeiro dia o nosso executivo não retornou.

Preocupado, o administrador se dirigiu ao laranjal. Viu o nosso executivo com uma laranja na mão, os cestos totalmente vazios, falando sozinho:
- Esta é grande. Não, é média. Ou será pequena???
- Esta é pequena. Não, é grande. Ou será média???
- Esta é média. Não, é pequena. Ou será grande???

Moral da história:

Espalhar merda e cortar cabeças é fácil.
O difícil é tomar decisões.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Rita Lee - O Bode e a Cabra

Versão nordestina da música dos Beatles

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Segundo maior Aquário marinho do mundo

via Blog da Mery

O Okinawa Churaumi Aquariumé o segundo maior aquário marinho do mundo e orgulho dos japoneses. Localizado em Motobu, na ilha de Okinawa, a poucos metros do mar, ele foi construído em 2002 e toda a vida marinha do antigo aquário foi transferida para as novas instalações. A grande atração é o tanque de 7.500 metros cúbicos de água. Construído especialmente para abrigar espécies gigantes de tubarão baleia e raia jamanta, ambos com tamanho imenso, o vidro do aquário é o maior do mundo na categoria, com impressionantes 22. 5 metros de largura e 8.2 metros de altura. O vidro, na verdade de acrílico, tem 60 centímetros de espessura e é construído por várias camadas ajustavas.

domingo, 19 de julho de 2009

MADE IN CHINA... PRÉDIO CAIU DE COSTAS E INTEIRO!

Como uma imagem vale mais que mil palavras, vão cinco delas! he he he


terça-feira, 14 de julho de 2009

O que é aquilo?


É necessário alguma comentário?

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Gordinho sofre!!!!!

13 Regras Para criar um filho marginal

1. Comecem dando a seu filho tudo o que ele desejar. Quando crescido, ele irá pensar que deve ser mantido de graça.

2. Se, aos dois ou três anos, ele começar a falar palavrões dêem risada e digam que é muito inteligente. Ele se empolgará com isso e irá em frente, sempre para pior.

3. Não lhe dêem nenhuma educação religiosa, para não lhe tirar a "liberdade de consciência". Quando crescido, ele será um perfeito ateu.

4. Não lhe ensinem a distinguir o bem do mal, para não criar nele complexos de culpa. Quando Crescido, ele pensará que tanto faz matar ou roubar.

5. Deixem que ele faça tudo o que quiser, nunca se meta na vida dele. Quando crescido, ele brilhará pela sua falta de moralidade.

6. Façam vocês mesmo tudo o que ele deveria fazer, inclusive as tarefas da escola. Quando crescido, ele será um perfeito vagabundo.

7. Briguem ente vocês, pais, na presença dele; ameacem a separação e o fim do casamento. Ele ficará convencido de que o casamento "é uma droga".

8. Satisfaçam todas as exigências e os gostos dele, quanto à comida. Quando crescido, ele será um perfeito egoísta.

9. Dêem-lhe todo dinheiro que ele quiser, não lhe ensinem que o dinheiro é fruto do trabalho honesto. Quanto crescido, ele saberá onde rouba-lo.

10. Defendam-no sempre, mesmo que esteja errado, especialmente diante de seus professores. Quando crescido, ele será um perfeito prepotente.

11. Nunca passem uma bronca nele, nem um pequeno castigo. Quando crescido, ele pensará que pode fazer tudo que quiser.

12. Se um dia acontecer que ele tenha "um caso" com a polícia, digam que a culpa é das más companhias. E assim, a consciência de vocês ficará bem tranqüila...

13. Acostumem-no a uma vida de prazeres e diversões. É possível que, quando crescido, ele passará a maior parte do tempo dentro de um presídio...

NOTEM BEM: Seguindo estas regras, vocês aprontarão um perfeito marginal para a sociedade de amanhã. Fazendo todo o contrário, vocês estragarão seu filho e o tornará em um cidadão honesto.
Recebi por e-mail indicado por Alberto Penna

Namoro nos tempos modernos


Mãe, vou casar. Jura, meu filho?! Estou tão feliz! Quem é a moça? Não é moça. Vou casar com um moço. O nome dele é Murilo. Você falou Murilo... ou foi meu cérebro que sofreu um pequeno surto psicótico?

Eu falei Murilo. Por que, mãe? Ta acontecendo alguma coisa? Nada, nau. Só minha visão que está um pouco turva. E meu coração, que talvez dê uma parada. . No mais, tá tudo ótimo.

Se você tiver algum problema em relação a isto, melhor falar logo. Problema? Problema nenhum. Só pensei que algum dia ia ter uma nora... só isso.

Você vai ter uma nora. Só que uma nora... meio macho. Ou um genro meio fêmea. Resumindo: uma nora quase macho, tendendo a um genro quase fêmea.

E quando eu vou conhecer o meu... a minha... o Murilo? Pode chamar ele de Biscoito. É o apelido. Tá. Biscoito. Já gostei dele. Alguém com esse apelido só pode ser uma pessoa bacana. Quando o Biscoito vem aqui? Por quê? Por nada. Só pra eu poder desacordar seu pai com antecedência. Você acha que o papai não vai aceitar? Claro que vai aceitar! Lógico que vai. Só nao sei... se ele vai sobreviver. Mas isso também é uma bobagem. Ele morre sabendo que você achou sua cara-metade. E olha que espetáculo: as duas metades com bigode. mãe, que besteira... hoje em dia... Praticamente todos os meus amigos

são gays. Só espero que tenha sobrado algum que não seja... pra poder apresentar pra tua irmã. A Bel já tá namorando. A Bel, namorando?! Ela não me falou nada... Quem é? Uma tal de Veruska.

Como? Veruska. Ah, bom, que susto. Pensei que você tivesse falado Veruska. mãe!! Tá, tá, tudo bem... Se vocês são felizes. Só fico triste porque não vou ter um neto... Por que não? Eu e o biscoito queremos dois filhos. Eu vou doar os espermatozóides. E a ex-namorada do Biscoito vai doar os óvulos. Ex namorada? O Biscoito tinha ex namorada? Quando era hetero. A Veruska. Que Veruska?

Namorada da Bel. Peraí. A ex-namorada do teu atual namorado... é a atual namorada da tua irmã... que é minha filha também... que se chama Bel. É isso? Porque eu me perdi um pouco. É isso. Pois é... a Veruska doou os óvulos. E nós vamos alugar um útero. De quem? Da Bel. Logo da Bel?! Quer dizer então... que a Bel vai gerar um filho teu edo Biscoito. Com o teu espermatozóide e com o óvulo da ex-namorada dele, que é a Veruska.

Isso. Essa criança, de uma certa forma, vai ser tua filha, filha do Biscoito, filha da Veruska e filha da Bel. Em termos.

A criança vai ter duas mães: você e o Biscoito. E dois pais: a Veruska e a Bel. Por aí. Por outro lado, a Bel, além de mãe, é tia... ou tio... porque é tua eram.

Exato. E ano que vem vamos ter um segundo filho. Aí o Biscoito é que entra com o espermatozóide. Que dessa vez vai ser gerado no ventre da Veruska. Com o óvulo da Bel. A gente só vai trocar. Só trocar, né? Agora o óvulo vai ser da Bel. E o ventre da Veruska. Exato. Agora eu entendi! Agora eu realmente entendi. Entendeu o quê? Entendi que é uma espécie de swing dos tempos modernos! Que swing, mãe! É swing, sim! Uma troca de casais... com os óvulos e os espermatozóides, uma hora no útero de uma, outra hora no útero de outra.

Mas... Mas uns tomates! Isso é uma bacanal de última geração! E pior.... Com incesto no meio. A Bel e a Veruska só vão ajudar na concepção do nosso filho, só isso. Sei... E quando elas quiserem ter filhos... Nós ajudamos.
Quer saber? No final das contas não entendi mais nada. não entendi quem vai ser mãe de quem, quem vai ser pai de quem, de quem vai ser o útero, o espermatozóide... A única coisa que eu entendi é que... Que...? Fazer árvore genealógica daqui pra frente... vai ser beeeem mais complicado.



Recebi por e-mail como sendo de autoria de Luis Fernando Veríssimo, mas dizem ser de Bond Bilau, mais infomações sobre textos atribuidos falsamente a ele no blog de Rosangela_Aliberti

FÁBULA DA GALINHA VERMELHA - EM TEMPOS DE CRISE É BOM REAPRENDER.

Recebi esta fábula por e-mail e achei interessante compartilhar com você meu leitor.

A fábula da galinha vermelha ficou mais conhecida porque foi divulgada no governo de Ronald Reagan nos anos 70, quando ele reduziu a carga tributária e conseguiu aumentar a arrecadação nos EUA.

A história da galinha vermelha conta que ela achou alguns grãos de trigo e disse a seus vizinhos:

'Se plantarmos trigo, teremos pão para comer. Alguém quer me ajudar a plantá-lo?'
'Eu não', disse a vaca.
'Nem eu', emendou o pato.
'Eu também não', falou o porco.
'Eu muito menos', completou o ganso.
'Então eu mesma planto', disse a galinha vermelha.
E assim o fez. O trigo cresceu alto e amadureceu em grãos dourados.

'Quem vai me ajudar a colher o trigo?', quis saber a galinha.
'Eu não', disse o pato..
'Não faz parte de minhas funções', disse o porco.
'Não depois de tantos anos de serviço', exclamou a vaca.

'Eu me arriscaria a perder o seguro-desemprego' , disse o ganso.
'Então eu mesma colho', falou a galinha, e colheu o trigo ela mesma.

Finalmente, chegou a hora de preparar o pão.
'Quem vai me ajudar a assar o pão?' indagou a galinha vermelha.
'Só se me pagarem hora extra', falou a vaca.
'Eu não posso por em risco meu auxílio-doença' , emendou o pato..
'Eu fugi da escola e nunca aprendi a fazer pão', disse o porco.
'Caso só eu ajude, será discriminação', resmungou o ganso.
'Então eu mesma faço', exclamou a pequena galinha vermelha.

Ela assou cinco pães, e pôs todos numa cesta para que os vizinhos
pudessem ver.
De repente, todo mundo queria pão, e exigia um pedaço. Mas a galinha
simplesmente disse:
'Não, eu vou comer os cinco pães sozinha'.
'Lucros excessivos!' , gritou a vaca.
'Sanguessuga capitalista! ', exclamou o pato.
'Eu exijo direitos iguais!', bradou o ganso.
O porco, esse só grunhiu.

Eles pintaram faixas e cartazes dizendo 'Injustiça' e marcharam em
protesto contra a galinha, gritando obscenidades.
Quando um agente do governo chegou, disse à galinhazinha vermelha:
'Você não pode ser assim egoísta', tem que repartir o fruto do seu trabalho com todos.
'Mas eu ganhei esse pão com meu próprio suor', ninguém me ajudou, defendeu-se a galinha.
'Exatamente' , disse o funcionário do governo. 'Essa é a beleza da livre empresa. Qualquer um aqui na fazenda pode ganhar o quanto quiser. Mas sob nossas modernas regulamentações governamentais, os trabalhadores mais produtivos têm que dividir o produto do seu trabalho com os que não fazem nada'.

Como não tinha jeito mesmo, a galinha vermelha protestou, protestou, mas como tinha que continuar a viver acabou se conformando e no final até sorriu cacarejando: 'eu estou grata', 'eu estou grata'. Assim, todos viveram felizes para sempre, mas os vizinhos sempre perguntavam por que a galinha, desde então, nunca mais fez nada...nem mesmo um único pão.

Esta 'fábula' deveria ser distribuída e estudada em todas as escolas brasileiras.

Quem sabe, assim, em uma ou duas gerações, sua mensagem central pudesse tomar o lugar de toda essa papagaiada pseudo-socialista, que insiste em assombrar nosso país, condená-lo à letargia e à eterna miséria.

Em tempo...
Qualquer semelhança desses bichos com alguns temas abaixo é mera coincidência:
'Sem Terra',
'Sem Teto',
'Sem Bolsa Escola',
'Sem bolsa família
'Puxa-sacos',
'SemVergonha' .
'Sem coisa nenhuma'...

E outros bichos mais que sempre incentivam a preguiça, se acostumam a comer mole e a mamar nas tetas do governo sem fazer força ...

Você acredita em tudo o que vê?

Hoje com uma máquina digital e o bom e velho photoshop você pode estar onde jamais esteve, pode ser o que jamais foi e pode conhecer quem nunca saberá da sua simples existência.
Tudo é possível através da tecnologia digital, e nas mãos de artistas criativos revela que tudo é possível, até o inimaginável. Eu realmente digo:"Que Mundo Doido"


Norton Commando Transformer by Steve Twist

A moto Norton Commando Transformers, foi o projeto de final de curso de um estudante de Animação Computadorizada, simplesmente fantástico. via Leopoldo Moreira

Enfrente seus lobos interiores

Nunca desista!!!

Duas cenas que mostram que não desistir é um instinto natural e que nós atualmente o estamos perdendo, desistindo facilmente das coisas.
A segunda cena (um pouco longa) mostra o poder da união. Sempre vemos nos filmes que a manada sempre abandona o que é caçado, desta vez não. Leões disputam a caça com um crocodilo, vencem e perdem para a manada que vai salvar um dos seus.
Linda imagem

domingo, 5 de julho de 2009

"Mindwalk" (O ponto de mutação) - Filme Completo





Um político (Sam Waterston) vai à França visitar um velho amigo poeta (John Heard). Lá, conhecem uma cientista (Liv Ullman) e, juntos, tecem uma profunda discussão sobre questões existenciais. Filme baseado na obra "The Turning Point" (O ponto de Mutação), de Fritjof Capra.