quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Lei institui Dia Nacional da Baiana de Acarajé


Christina Machado
Repórter da Agência Brasil

Brasília - Lei publicada no Diário Oficial da União de hoje (20) institui 25 de novembro como o Dia Nacional da Baiana de Acarajé. A data será comemorada anualmente.

Baiana do acarajé é como são chamadas as mulheres que se dedicam à profissão de vendedora de acarajé e outras iguarias da culinária baiana. Elas conseguiram a regularização da profissão.

Agora, como o queijo mineiro e a festa do Bumba Meu Boi, são consideradas patrimônio cultural imaterial do Brasil, juntamente com um acerto de expressões, línguas, comidas, artes performáticas, rituais e festas que marcam a vivência coletiva, a religiosidade, e as manifestações literárias, musicais, plásticas e cênicas características do Brasil.

No ano passado, as baianas foram homenageadas em Salvador, com um memorial. A finalidade do Memorial da Baiana de Acarajé é situar a tradição, a história e demais temas agregados ao ofício, registrado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Ministério da Cultura como Patrimônio Cultural do Brasil.

O blogue Que Mundo Doido homenageia todas as baianas de acarajé deste país!
Principalmente onde sou voraz consumidor aqui em Ilhéus-BA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do blog.