quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

NOVA FÁBULA DA FORMIGUINHA

Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra muito amigas.
Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno.
Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem o bate-papo com os amigos ao final do trabalho tomando uma cervejinha gelada.
Seu nome era 'Trabalho', e seu sobrenome era 'Sempre'.

Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou nem um minuto sequer. Cantou durante todo o outono, dançou, aproveitou o sol, curtiu prá valer sem se preocupar com o inverno que estava por vir.

Então, passados alguns dias, começou a esfriar.
Era o inverno que estava começando.

A formiguinha, exausta de tanto trabalhar, entrou para a sua singela e aconchegante toca, repleta de comida.
Mas alguém chamava por seu nome, do lado de fora da toca.
Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu.
Sua amiga cigarra estava dentro de uma Ferrari amarela com um aconchegante casaco de vison.

E a cigarra disse para a formiguinha:
- Olá, amiga, vou passar o inverno em Paris.
- Será que você poderia cuidar da minha toca?
- E a formiguinha respondeu:
- Claro, sem problemas!
- Mas o que lhe aconteceu?
- Como você conseguiu dinheiro para ir à Paris e comprar esta Ferrari?

E a cigarra respondeu:
Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um produtor gostou da minha voz.
Fechei um contrato de seis meses para fazer show em Paris...
À propósito, a amiga deseja alguma coisa de lá?

Desejo sim, respondeu a formiguinha.
Se você encontrar o La Fontaine (Autor da Fábula Original) por lá, manda ele ir para a Puta Que O Pariu !!!'
Moral da História :
Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão.
Trabalhe, mas curta a sua vida. Ela é única!!!
Se você não encontrar a sua metade da laranja, não desanime, procure Sua metade do limão, adicione açúcar, pinga e gelo, e....

Seja feliz !

"A Vida é curta, Quebre regras, Perdoe rapidamente, Beije demoradamente, Ame verdadeiramente, 'Pratique intensamente', Ria incontrolavelmente e nunca deixe de Sorrir, por mais estranho que seja o motivo."

4 comentários:

  1. Muito legal. Adorei o novo final. Eu conhecia já dois finais e o seu foi bem realista. Combina mais com o nosso tempo. Tem tudo a ver e vale muito pra mim, que sou uma pessoa que nem a formiga.

    bjs e sucesso pra vc

    ResponderExcluir
  2. Legal Leila, fico feliz que tenha gostado, não conheço as outra versões.
    Obrigado e desejo a você muito sucesso também.
    Beijos e abraços

    ResponderExcluir
  3. Quase todo mundo está trabalhando demais e vivendo de menos. O tempo voa rapidinho. Porque nem todos podem se dar ao luxo de dar uma paradinha básica. Sinceramente, eu concordo com a fábula e me pergunto todo dia como posso melhorar a qualidade de minha vida.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Verdade Sisym, o importante é nós fazermos um questionamento diário:
    O que é realmente importante na minha vida?
    Muitas vezes deixamos de viver para correr atrás de ilusões, de sonhos que não são nossos. Vivemos na busca de um ideal, que muitas vezes, vem de desejos sociais que são irrelevantes para o nosso íntimo. Sem o devido questionamento, não percebemos e desperdiçaremos o tempo precioso de nossa vida.
    Abraços

    ResponderExcluir

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do blog.